Escolha sua região:

A substituição do Extintor BC por ABC será obrigatória em 2015

29/12/2014

Resolução do CONTRAN garante o fim das recargas de extintores veiculares.

Em 11 de Novembro de 2009, o Conselho Nacional de Trânsito - CONTRAN publicou a RESOLUÇÃO CONTRAN Nº 333, DE 06-11-2009 que restabeleceu a vigência da RESOLUÇÃO CONTRAN Nº 157, DE 22-04-2004 dando nova redação ao artigo 8º que fixou especificações para os extintores de incêndio, sendo equipamentos de uso obrigatório nos veículos automotores, elétricos, reboque e semi-reboque, de acordo com o artigo 105 do Código de Trânsito Brasileiro a Resolução do CONTRAN garante o fim das recargas de extintores veiculares.

O extintor do tipo ABC substitui os equipamentos com um ano de validade, em todos os veículos brasileiros. A resolução 333/2009 do CONTRAN já está em vigor. A medida garante o fim das recargas e obriga a troca do extintor no prazo de cinco anos, conforme sua validade ou uso. Ficou definido que o extintor de incêndio com carga de pó do tipo BC, deve ser substituído até 31 de dezembro de 2014, por extintor de incêndio novo com carga de pó do tipo ABC, obedecendo as especificações da tabela 2 do anexo da resolução em questão. 

Esta alteração no pó do extintor foi realizada tendo em vista o tipo de materiais os quais os veículos são fabricados. Num veículo existem líquidos inflamáveis – gasolina, álcool – (classe B), equipamentos elétricos energizados – bateria, parte elétrica – (classe C), mas também materiais sólidos – plásticos, tecidos, borrachas, estofamentos – (classe A). 

Foi o crescente emprego desses materiais sólidos na fabricação dos veículos que justificou a fabricação do extintor automotivo tipo ABC e a partir de 1 de janeiro de 2015, os veículos só poderão transitar com extintores de incêndio do tipo ABC, e o mesmo deve ser trocado de 5 em 5 anos (pó e casco) ou se o indicador da pressão estiver na faixa vermelha, ou se o lacre tiver rompido, ou se o casco tiver amassado ou enferrujado, ou se o extintor já tiver sido utilizado. 

Depois de expirada a validade de cinco anos, o extintor não é recarregável, sendo que o motorista deve descartá-lo e adquirir um novo. A diferença no preço é justificada pela maior durabilidade e garantia do produto.

Para melhor analise veja o comparativo:

►O extintor antigo custava em média R$ 23 por ano, agora passa a ser cobrado em média R$ 60 por 5 anos, se trocamos o extintor BC por 3 anos já atingimos os R$ 60 em relação ao ABC de 5 anos, o valor é relativamente pequeno ao consideramos a segurança que o equipamento proporciona. 

Segundo o Inmetro, órgão regulamentador do serviço de inspeção técnica e manutenção em extintores de incêndio, a partir de 1º de janeiro de 2015, a multa para o motorista que for flagrado sem o equipamento extintor adequado é de R$ 127,69 mais cinco pontos na CNH. 

Veja a Resolução na integra:

RESOLUÇÃO Nº 333, DE 06 DE NOVEMBRO DE 2009


MAS O QUE É EXTINTOR ABC?

Um incêndio se caracteriza pelo tipo de material em combustão e pelo estágio em que se encontra. Existem 3 classes de incêndio mais comuns, identificadas pelas letras “A”, “B” e “C”.

O novo tipo de extintor, com pó ABC apaga os três tipos de incêndio, com ele, você não precisa identificar a classe do fogo antes de utilizar o equipamento.

► Classe A: Principio de incêndio em materiais sólidos, como: plásticos, borrachas, madeiras, tecidos, estofados, etc...

► Classe B: Ocorre em líquidos combustíveis/inflamáveis, como gasolina, óleo, álcool e querosene.

► Classe C: Inicia-se em equipamentos elétricos energizados, como bateria, alternador e outros equipamentos da parte elétrica do veículo.

Qual a vantagem do Extintor ABC?

a) O pó ABC apaga todos os tipos de incêndio em carros com mais eficiência. Ele é capaz de apagar chamas de até 2 metros (1-A) em sólidos, e 4 metros (5-B) em líquidos inflamáveis.

b) Validade de 5 anos.

c) Garantia de qualidade por parte dos fabricantes

d) Comodidade para o usuário, que passa um grande período sem preocupações.

A nova composição do ABC é prejudicial a saúde e Meio Ambiente?

O pó ABC, largamente utilizado na Europa e nos EUA, não é nocivo à saúde. Seu principal componente, o fosfato monoamônico, é um produto muito utilizado na produção de fertilizante agrícola, sua ação na natureza não é nociva. Após a utilização de um extintor ABC, recomenda-se apenas ventilar o local e as áreas atingidas.

Qual a prioridade nesta evolução extintora?

Priorizar a vida, porque 90% dos incêndios que se iniciam no compartimento do motor (classes B e C) passam para o painel, o carpete e o estofamento (classe A) onde estão os passageiros do veículo.

IMPORTÂNCIA DO EXTINTOR

1) Por que o extintor é obrigatório em veículos ?

Assim como o cinto de segurança, o encosto de cabeça, o retrovisor direito e outros itens de segurança, o extintor de incêndio pode salvar vidas. Por este motivo, ele é um item obrigatório desde 1968.

2) Mas carro pega fogo mesmo ?

3) Estatísticas de Incêndios no Estado de São Paulo :

Automóveis = 76 %

Outros = 24% 4) Como descartar este novo extintor que não é recondicionado ?

Os pontos-de-venda vão receber e encaminhar os extintores para a correta destinação, conforme a legislação ambiental vigente em cada localidade. RECOMENDAÇÕES DE SEGURANÇA:

► Fumaça branca e sem cheiro é vapor de água e indica que seu veículo tem problema no radiador. Fumaça escura e com cheiro forte é princípio de incêndio;

► Se o fogo está no motor, não abra totalmente o capô. Isso facilitaria a entrada de oxigênio (comburente), aumentando o fogo.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Seja um operador de máquinas

Operaction é uma empresa especializada em equipamentos de construção e terraplanagem. Oferecemos treinamentos de operadores e outros trabalhos neste segmento.

© 2017 Operaction