Escolha sua região:

Blog Operaction


Máquinas pesadas e seus pontos cegos

30/03/2015
Enviado por Marcus Lacerda

Ponto cego, você já ouviu falar nele ou parou para pensar?

Ponto cego é uma obstrução parcial ou total no campo de visão de um operador de máquinas pesadas. Que tanto pode estar operando uma motoniveladora, dirigindo um carro ou  estar andando tranquilamente na cozinha de sua casa e simplesmente bater a cabeça no armário.

O braço, uma das principais partes de uma escavadeira, encontra-se na frente da maquina. Na maior parte dos casos é o principal vilão da história, pois esta é uma das partes que mais criam pontos cegos neste equipamento.

Na parte de trás encontramos o contrapeso que praticamente tampa a sua visão traseira.

Imagine-se sentado no banco do operador com estes conjuntos obstruindo parcialmente sua visão. Dependendo da posição do equipamento, uma pessoa some completamente do campo de visão do operador. Imagine esta ocorrência aliada a um companheiro de trabalho dormindo na parte de trás do equipamento. É acidente na certa você não acha?

Nos equipamentos existem pontos cegos fixos e variáveis. A cabine do operador, gera um ponto cego fixo, pois a cabine não se movimenta. Os principais pontos a serem considerados, são as colunas frontais, laterais e traseiras do compartimento do operador, teto, painel frontal, portas, vidros, espelhos retrovisores, faróis, etc.

Os pontos cegos variáveis, são os braços e seus agregados (Caçamba, porta garfos, pistões, mangueiras, correntes, acessórios etc), que se movimentam para frente e para trás, para cima e para baixo sempre mudando o campo de visão do operador. Quanto mais completa for a maquina, menor será o campo de visão do ao operador.

Nos acidentes onde o ponto cego é o principal vilão, a culpa por várias vezes acaba caindo sobre o operador, que veio a atropelar um pedestre ou até então, derrubou um poste, ou veio a bater a caçamba na carroceria de um caminhão.

A pergunta que quase ninguém faz é: esta pessoa deveria estar aqui, no raio de giro da maquina?

Tudo isso são pontos críticos que muitas vezes só percebemos quando um acidente acontece. Cada empresa tem seus pontos a serem revistos, analisados e melhorados. Hoje nas grandes obras, é quase que inevitável a interação de pedestres com o movimento dos equipamentos, sendo assim, seguem algumas dicas para evitar um possível acidente por atropelamento ocasionado por um ponto cego ou pela falta de observância e cuidados com o mesmo.

1- Veja e seja visto. Esta é uma sequência de melhorias que ajudam e muito na identificação de pessoas e veículos. Falando sobre veículos industriais, existem vários acessórios e procedimentos que indicam para o pedestre, a presença de um equipamento pesado à sua volta. São eles:

Exemplo de Acessórios:

  • Instalar na maquina, luz intermitente de localização (também chamada de piscaflex ou giroflex)
  • Instalar nas máquinas o alarme de marcha ré • Instalar luz de ré complementar de alto brilho. (No exterior, este acessório de luz auxiliar de segurança é chamado de Blue Spot)
  • Instalar faixas refletivas em volta dos equipamentos
  • Certificar-se do funcionamento da buzina ( no check list)
  • Sempre buzinar antes de ligar o equipamento.
  • Transitar com as máquinas sempre com os faróis acesos. ( dia e noite)
  • Respeitar os limites de velocidade estipulados pela sua empresa.

Em ambientes escuros ou que devido ao processo ofereçam má iluminação, use coletes refletivos, estes ajudarão na sua identificação.

De acordo com a Operaction, outra medida que aumenta a segurança é o treinamento. Conforme informações divulgadas pelo centro, após a realização de um curso de prevenção de acidentes para operadores de motoniveladoras de uma empreiteira, que incluiu a análise das áreas cegas, foi verificada uma redução de 50% dos sinistros.

Uma solução tecnológica  muito simples já está sendo adotada em algumas máquinas mais novas promete acabar para sempre com esse incômodo.

O equipamento nada mais é do que um sistema que monitora os pontos cegos do veículo, avisando o motorista, por meio de uma pequena câmera, se há ou não algum veículo ou objeto no raio de visão não contemplado pela sua visão.

Uma curiosidade. Você sabe qual é o índice de visibilidade de sua maquina? Abaixo o gráfico mostrando os pontos cegos de uma motoniveladora.

 


Planejamento e segurança

21/08/2014
Enviado por Paulo Tagliaferri

Planejamento e segurança em operações de máquinas pesadas, que há pouco tempo eram temas secundários, se tornaram pauta prioritária devido aos recentes acontecimentos que evidenciaram de maneira negativa o setor da construção.

Principais causas de acidentes envolvendo operadores de máquinas pesadas:

1- Falha no planejamento

2- Falta de supervisão

3- Baixa qualificação de operadores, falta de treinamento.

4- Alta carga horária de trabalho, inclusive noturno.

5- Complexidade operacional

6- Negligências na operação

7-Falta de equipamentos de segurança

Abaixo algumas dicas e conselhos básicos que podem reduzir a quantidade de lesões que ocorrem em seu local de trabalho.  Ao seguir estes simples passos, você será capaz de reduzir o risco de pedido de indenização por acidente.

- Tente evitar usar roupas soltas ou joias se operar máquinas - isto é algo que lhe foi ensinado na escola e é uma coisa boa para a prática de como isso pode resultar em evitar um acidente fatal.

- Cobrar de seu empregador o treinamento correto para exercer seu trabalho com segurança - varias empresas fornecem treinamentos específicos explicando as políticas de saúde e segurança que devem ser seguidas em todas as fases da operação.

- Tomar medidas necessárias para evitar a entrada de pessoas no raio de ação da máquina. Pontos cegos podem ocasionar acidentes involuntários.

- Mantenha os cabelos longos amarrados para trás e fora do caminho-A falta de visão simultânea pode interferir na operação.

- Informe o seu empregador, se você tem dores ou se tem algo que o impeça de executar seu trabalho corretamente. Muitos problemas podem ser evitados.

- Detalhe quaisquer ferimentos, doenças ou tensões que possam ter ocorridos para a sua chefia, logo que elas acontecem - isso ajudará a limitar e destacar quaisquer áreas com problemas que precisarão ser reacessados para evitar que aconteçam novamente no futuro.

- Informe o seu empregador, se você faz uso de medicação que pode impedi-lo de fazer o seu trabalho corretamente ex. calmantes, o uso de tais medicações coloca você e aqueles ao seu redor em risco de acidente.

- O uso incorreto de equipamentos de segurança podem permitir que você não esteja devidamente protegido.

- Na máquina não utilizar acessórios que você desconhece seu funcionamento, ex. martelo hidráulico – é muito importante usar as ferramentas e equipamentos somente com as instruções ou você pode aumentar essa chance de uma lesão.

- Aplicar o senso comum para cada risco observe a inclinação máxima e sempre mantenha uma distância mínima de dois metros das bordas, valas, etc., cuidado com mudança de sentido de direção em relação a buracos ou irregularidades do terreno.

- Ao trafegar entre áreas com desnível sempre utilizar acessos adequados para mudar de áreas, a inversão nas encostas deve ser feita de forma harmoniosa e com o implemento levantado de tal forma que a frente da máquina fique sempre na parte mais baixa do terreno.

- No caso de choque ou tombamento desligue imediatamente o motor, pois do contrário, poderá haver início de incêndio. Não esqueça da chave geral.

- Para trabalhar com segurança, perto de barrancos ou valas, mantenha uma distância de pelo menos a altura do barranco ou vala, entre a máquina e o início da ribanceira.

- Não faça rebocamentos com correntes ou cabos de aço, pois, se o veículo atolado sair de uma vez, fatalmente irá atropelar a maquina que o está rebocando.

- Quando for puxar máquinas, caminhões, etc., verifique se o cambão está bem fixo em ambos os veículos e centralizado.

- Não improvisar "macacos" para consertos ou reparos e nem para erguer ou abaixar escavadeiras ou outras máquinas pesadas.

- Ao interromper um trabalho, ainda que por pouco tempo, apoie o implemento no solo.

 

Primeiros socorros em acidentes

O atendimento imediato, a presteza e atuação correta do operador, podem ser vitais para a vítima e até evitar consequências graves.

a) Cuide de sua segurança – Se possível, a maquina devera estar posicionada em um local seguro e desligada.

b) Sinalize e isole o local do acidente - Use triângulo, galhos de árvores ou outros objetos que devem ser colocados a uma distância segura do local.

c) Não tome nenhuma atitude antes de examinar - observe bem o acidente para melhor se informar e saber o que fazer além de prestar melhores esclarecimentos ao atendimento médico.

d) Se estiver escuro não use fósforos ou qualquer objeto inflamável - No caso de vazamento de gases pode provocar incêndios.

e) Peça ajuda - Evite agir sozinhos, principalmente na remoção ou movimentação de veículos ou objetos pesados.

 

Danos causados ao trabalhador

O somatório das perdas, muitas delas irreparáveis, é avaliado e determinado levando-se em consideração os danos causados à integridade física e mental do operador, os prejuízos da empresa e os demais custos resultantes para a sociedade.

As estatísticas da Previdência Social, que registram os acidentes e doenças decorrentes do trabalho, revelam uma enorme quantidade de pessoas prematuramente mortas ou

incapacitadas para o trabalho.

Lembre-se sempre que os operadores que sobrevivem a acidentes com maquinas pesadas são também atingidos por danos que se materializam em:

 

-Sofrimento físico e mental;

-Cirurgias e remédios;

-Próteses e assistência médica;

-Fisioterapia e assistência psicológica;

-Dependência de terceiros para acompanhamento e locomoção;

-Diminuição do poder aquisitivo;

-Desamparo à família;

-Estigmatizaçao do acidentado;

-Desemprego;

-Marginalização;

-Depressão e traumas.

 

A segurança e fundamental.

 


Dicas para operação segura no campo

16/06/2014
Enviado por Paulo Tagliaferri

Dicas para operação segura 

 

• Assegurar-se que as pessoas sejam treinadas para a tarefa e que entendam os riscos associados ao trabalho que está sendo realizado.

• Os operadores de equipamentos devem estar familiarizados com o seu ambiente de trabalho em todos os momentos.

• Certifique-se que as precauções de segurança sejam tomadas com base em diferentes condições metereológicas e de luminosidade.

• Mantenha sua máquina a uma distância segura da borda de aterros ou de água.

• Sinalize e coloque placas de aviso em todas as áreas onde existam riscos para a saúde ou de segurança que não são tao óbvios a todas as pessoas. Os sinais de alerta devem ser facilmente visíveis, legíveis, e identificar a natureza do perigo e qualquer ação de proteção necessária.

• Fornecer e manter proteçoes nas margens de estradas, onde um desnivel ou degrau tenha profundidade suficiente para acidentar um veículo ou colocar em perigo pessoas que operem equipamentos proximos.

Atividades de trabalho do pessoal de apoio

• Monitorar rotineiramente para que os procedimentos de segurança no trabalho sejam seguidos.

• Opere o equipamento de maneira que maximize a visibilidade. Use um observador quando a visibilidade das áreas de trabalho sejam limitadas.

 

Redigido por - Paulo R. Tagliaferri

 


Dicas de segurança

31/05/2014
Enviado por Paulo Tagliaferri

Operação máquinas pesadas próximas à rede elétrica em áreas rurais

 

Acidentes com a rede elétrica também acontecem em áreas rurais, principalmente onde ocorre o uso de máquinas pesadas, como escavadeiras e carregadeiras, que chegam a atingir alguns metros de altura acima do solo, tocando em redes elétricas ou provocando o desmoronamento do terreno e a queda de estruturas se a escavação for feita muito próxima destas e caminhões basculantes, que podem atingir os fios da rede elétrica durante o basculamento da caçamba.

 

A operação dessas máquinas requer, entre outros procedimentos, análise prévia do local para se evitar acidentes com a rede elétrica. Os principais tipos de acidentes ocorrem quando há a aproximação da máquina ou do operador com os fios da rede elétrica, provocando choque elétrico e danos à máquina e à rede.

 

Saiba onde estão as linhas elétricas em seu local de operação e observe-as quando estiver na área. Preste atenção se há algo diferente nas linhas, como fios pendurados

ou ausentes (o que pode significar que estão no chão).

Ao se aproximar das linhas elétricas, certifique-se que os implementos e acessórios de sua máquina estejam o mais baixo possível. Se você não tiver certeza, então pare e verifique.

Quando ocorre o contato com a rede elétrica.

Permaneça na cabine ou na maquina até que alguém venha e verifique o local e a linha de tensão. Lembre-se, você não pode enxergar tudo o que está em volta e sob a sua máquina. As coisas podem parecer seguras para você, mas alguém no chão pode enxergar mais e fazer um melhor julgamento.

 

Fique calmo e pare sua máquina. Coloque o câmbio em ponto neutro, acione o freio de estacionamento e desligue o motor.

Solicite assistência.

Delimite o perímetro com cones para se certificar de que todos as outras pessoas permanecam fora desta área .

Confira as dicas de segurança para evitar acidentes com a rede elétrica:

 

- Ao escavar, deve-se observar onde estão os fios das redes elétricas e também as estruturas (torres de transmissão e postes de distribuição). Não escavar muito próximo destas estruturas;

-Não toque, nem se aproxime dos fios arrebentados ou caídos, nem das pessoas ou objetos em contato com eles, como cercas metálicas, postes de ferro ou varais de roupa.

-No caso de colisão com um poste, não saia da maquina se o fio estiver sobre ela. Você poderá tomar um choque se tocar no chão e a maquina ao mesmo tempo, pois fechará um curto-circuito. Se precisar sair do equipamento devido a um incêndio, abra a porta ou janela de emergência e pule com os dois pés juntos, o mais longe possível, sem tocar a lataria do veiculo; Se você não for a vítima, mas a testemunha do acidente, instrua as pessoas da maquina sobre como proceder para sair da mesma e chame imediatamente a companhia elétrica.

-Guindastes, dragas, escavadeiras, tratores, carregadeiras,caminhões basculantes, maquinário agrícola, etc, devem operar longe da rede elétrica.

-Cuidado com a operação de máquinas pesadas ou agrícolas. Sempre que for realizar serviços próximos a rede elétrica, verifique se existe possibilidade de encostar alguma parte da máquina nos mesmos,mantenha sempre uma distância segura.

 

-Evite estacionar embaixo de redes de alta tensão..

Caso de Choque Elétrico

• Nunca toque na vítima enquanto ela estiver recebendo a corrente elétrica. Esse contato pode ser fatal também para quem está tentando dar socorro.

• Observe as condições do local do acidente. Se estiver em segurança, desligue os disjuntores o mais rápido possível.

• Se não for possível desligar a corrente, utilize material isolante, como borracha, madeira seca, cabo de vassoura, jornal dobrado, cano plástico, corda, para afastar a vitima do contato elétrico.

• Depois de interromper a corrente elétrica, tome as seguintes providências; Peça socorro imediatamente, ligando para o Corpo de Bombeiros, pois é preciso ser rápido. Os primeiros minutos após o choque são vitais para o acidentado;

• Se a vítima estiver inconsciente, coloque-a em uma superfície plana e inicie os procedimentos de primeiros socorros;

• Mantenha a vítima deitada de barriga para cima, com a cabeça inclinada para trás;

• Verifique a respiração e os batimentos cardíacos da vítima. Caso a pessoa apresente sinais de parada cardiorrespiratória, inicie imediatamente as manobras de reanimação.

• Ao carregar a vítima, tome muito cuidado para não complicar eventuais lesões, principalmente na coluna vertebral.

Caso de Tempestade

  • Evitar estar perto de tratores, máquina agrícola, acessórios metálicos.
  • Evitar locais como, lagos, praias, árvores isoladas, postes, pontos elevados.

           • Afastar-se do topo de colinas, de áreas abertas (onde você passa a ser o ponto                mais alto), cercas de arame, varais metálicos e qualquer outro objeto condutor de eletricidade.

 

           • No solo lembre-se de manter os pés juntos: ao atingir o solo a descarga elétrica se propaga em ondas concêntricas, como quando se atira uma pedra na água, gerando diferenças de potencial elétrico no chão. Mantendo os pés juntos, você evita a passagem da eletricidade.

  • Se você não conseguir abrigo, entre na cabine da maquina. Se a maquina for atingida, a carcaça de metal vai conduzir a eletricidade ao redor de você, e não através de seu corpo. Certifique-se de que todas as janelas e portas estejam fechadas. Não use o rádio.
  • Não opere carregadeiras, tratores ou qualquer máquina agrícola que não tenha cabine metálica fechada.

Redigido por - Paulo R. Tagliaferri

 

Arquivo

Buscar Tags

NÚVEM DE TAGS

Seja um operador de máquinas

Operaction é uma empresa especializada em equipamentos de construção e terraplanagem. Oferecemos treinamentos de operadores e outros trabalhos neste segmento.

© 2019 Operaction